Liberdade De Crença e Expressão

Sobre a declaração de Direitos Humanos e os respectivos artigos que dizem respeito a crença e liberdade de expressão cabe aqui citar.

Portanto se vc acredita em algo, por mais diferente que seja, mesmo que seja somente você acredita, desde que não ofenda direitos de outros você deve exercer o seu.

Artigo XVIII – Toda pessoa tem direito à liberdade de pensamento, consciência e religião; este direito inclui a liberdade de mudar de religião ou crença e a liberdade de manifestar essa religião ou crença, pelo ensino, pela prática, pelo culto e pela observância, isolada ou coletivamente, em público ou em particular.

Artigo XIX – Toda pessoa tem direito à liberdade de opinião e expressão; este direito inclui a liberdade de, sem interferência, ter opiniões e de procurar, receber e transmitir informações e idéias por quaisquer meios e independentemente de fronteiras.

Carl Rogers citações

“A vida plena é um processo, não um estudo de ser.”

“O que serei e o que farei no momento seguinte é algo que brota do próprio momento e não pode ser previsto”

“O ‘eu’ e a personalidade emergem da própria experiência, e não de uma experiência traduzida… para se encaixar em uma estrutura pré-concebida do eu.”

“Nenhuma ideia criada por outra pessoa ou por mim tem tanta autoridade quanto a minha experiência.”

“O ser humano possui um importante valor… por mais que o rotulem e o avaliem, ele continua sendo acima de tudo, uma pessoa.”

“O processo da vida plena… significa lançar-se de cabeça no fluxo da vida.”

Jesus aprende sobre o amor

Quando Jesus disse que Deus é amor ele superou o próprio Deus que estava desacreditado. Este deu a Jesus um novo universo, no qual só existe amor. Deus para conseguir entrar nesse universo reencarna como humano, esquecendo que é Deus e sem poderes. Com o tempo ao ser inserido depois de 17bilhões de anos no sistema que levou ao surgimento da humanidade terráquea, ele percebe que existe a hipótese de ser Deus e pai de Jesus, e passa todos os dias da sua vida tentando provar a sua hipótese de amor, por entender que quando Jesus disse que Deus é amor, não era porque ele agia com amor, mas sim porque Jesus amava-o profundamente, em função do seu amor Ágape.