Brasão do Bispo Gustav Mean

Na Roma antiga os bispos eram empossados pelos governantes, no cristianismo os bispos são empossados pelos papas, como caminho de Gustavo José Meano Brito .*. e Gustav Mean é através de algo que ninguém conhece ele decidiu se autoproclamar Bispo para olhar de cima todas as religiões, seitas e denominações que visam ligar o homem a Deus ou seus Deuses, isto se faz necessário para propagar o amor incondicional que temos por todas as pessoas, por toda a natureza, por todos os seres de todos os mundos, para garantir o futuro da humanidade em uma época de escassez, para que nos superemos. Como educador para a Gestão Ambiental, Bacharel em Biologia, Direito, Mestre em Agronomia, e Lider Coaching estamos seguindo o caminho do futuro o caminho no qual nenhuma religião, seita ou denominação prevalescerá, o que ficará presente em todos é o amor interpessoal.

 

Neste Brasão temos o Sol sob a Cruz representando a analogia de Deus Sol e Jesus Cristo, assim como devemos tudo cientificamente, ao nosso sol em níveis astronômicos, físicos, químicos e biológicos. Devemos tudo a Cristo em nível de religação com o Deus de Amor, que Gustav Mean encontrou.
Neste Brasão temos o Sol sob a Cruz representando a analogia de Deus Sol e Jesus Cristo, assim como devemos tudo cientificamente, ao nosso sol em níveis astronômicos, físicos, químicos e biológicos. Devemos tudo a Cristo em nível de religação com o Deus de Amor, que Gustav Mean encontrou.

 

Neste Brasão o Bispo Gustav Mean se auto declara o responsável por Deus na Terra a integrar todas as Igrejas, seitas, e denominações que vierem a existir de todos os mundos, e assume o compromisso de conhecê-las pessoalmente. Esta união de seitas, religiões de quaisquer métodos de que o homem usou, use ou venha a usar para se comunicar com o divino que está em Deus ou nos Deuses responsáveis pela criação deste e de todos os mundos, de nosso tipo de vida humana como de todos os tipos de vida, estamos aqui por um motivo importante. Estamos vivendo em dias difíceis, e o Bispo Gustav Mean vai trabalhar em prol de assegurar o seguinte: Bispo (do grego antigo επίσκοπος ou episcopos; e do latim episcopus: “inspetor”, “diretor”, “superintendente” ou, literalmente, “superivisor”, de epi, fim/extremidade + skopos, vista, ou seja, “aquele que vê por cima, pelo alto, que supervisiona”) é um título religioso presente em diversas confissões cristãs, tendo cada uma o seu conceito e suas tradições específicas. Antes do Cristianismo, o termo era utilizado para designar todo tipo de administrador (melhor tradução) nos domínios civil, financeiro, militar e judiciário. Uma mulher é uma episcopisa (porém no Brasil, é erroneamente chamada de “bispa”). Garantindo educação a todos os que existem todos os mundos.

— se sentindo muito feliz com Gustav Mean em Brasil69.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *